7ª. Edição da BIENAL SESC DE DANÇA no SESC Santos

0 Flares 0 Flares ×

SESC São Paulo realiza a

7ª. Edição da BIENAL SESC DE DANÇA no SESC Santos

Foto: espetáculo “PUDIQUE-ACIDE/EXTASIS”

 

A programação conta com 33 companhias de várias regiões do Brasil e representantes da Argentina, Bélgica, França, Senegal e Uruguai.

21 espetáculos, 8 intervenções, 5 videoinstalações integram a programação que mostrará 52 apresentações, além de

atividades formativas.

Presenças de Les Ballets C de La B (Bélgica), Mathilde Monnier (França), Germaine Acogny (Senegal), Luis Garay & Co. Buenos Aires (Argentina), Bruno Beltrão, Marta Soares, Marcelo Evelin, Morena Nascimento e Benjamim Taubkin.

As apresentações acontecerão nas dependências do SESC,

Teatro Guarany, Teatro Brás Cubas, Teatro Coliseu e em

diversos espaços públicos da cidade.

Criado em 1998, a Bienal apresenta trabalhos artísticos de companhias de grande representatividade, seja no contexto local, nacional ou internacional com o intuito de atualizar as discussões em torno da linguagem da dança.

Para a edição deste ano, mais de 400 trabalhos foram inscritos, advindos de diferentes partes do Brasil, Europa, América do Norte, Central e do Sul. Diante da variedade de obras, a curadoria teve como desafio estabelecer um recorte que garantisse uma tessitura dramatúrgica coerente. O caminho escolhido foi reunir obras que trazem questões, conceitos e palavras que atravessam a contemporaneidade, reverberando no corpo que dança um fluxo de informações e inquietações que expande a atuação para outros territórios plásticos e sensíveis delimitados por outras linguagens.

Para Danilo Santos de Miranda, diretor regional do SESC São Paulo “as manifestações artísticas contemporâneas necessitam de incursões e aproximações sucessivas para serem apreendidas. Conhecer quem faz, como faz e o que é a dança em nossos dias é uma forma de se aproximar dessa linguagem, e o encontro ocasionado pela Bienal Sesc de Dança permite que estas relações se concretizem há uma década. Desta feita, o que urde o encontro é a própria presença dos trabalhos e não apenas a curadoria temática”.

 

Por meio da Bienal SESC de Dança 2011, Santos receberá grandes nomes da dança contemporânea, como Les Ballets C de la B, da Bélgica, do qual participa a brasileira Juliana Neves; a também brasileira Morena Nascimento, que iniciou carreira no Grupo 1º. Ato de Minas Gerais, integrou a célebre companhia de Pina Bausch e se apresentará com o renomado pianista, compositor e produtor Benjamim Taubkin; a francesa Mathilde Monnier, cujo trabalho é influenciado por nomes como Merce Cunningham e Pina Bausch; o solo da bailarina senegalesa Germaine Acogny; além de criadores brasileiros do porte de Marta Soares e Marcelo Evelin. O Grupo de Rua de Niterói (RJ), dirigido por Bruno Beltrão apresentará o premiado H3, ao lado de grupos convidados ou selecionados, representando Santos, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Piauí, Ceará, Paraná e Santa Catarina.

 

Além de espetáculos, a estrutura do evento privilegia uma intensa programação de mesas de debates, workshops, instalações, videoinstalações, bem como intervenções em espaços externos, que desde a sua criação, estimulam o diálogo com o patrimônio histórico da cidade.

 

O espaço para os trabalhos de novos coreógrafos constitui-se importante lugar de trocas, de singularidades díspares e de ressonâncias. Nesta edição, a Mostra de Novos Coreógrafos apresentará quatro trabalhos: o argentino Punto Ciego e os brasileiros, Dança em Curva, Jimmy, The Jungle Beast e Ma Vie.

 

Esta edição traz como novidade o Conversatório, um ponto de encontro na Bienal que receberá as atividades formativas: mesas de discussões, roda de artistas, bate-papos entre pesquisadores e coreógrafos. Nesses momentos, o local se converte em um estúdio aberto, onde as atividades serão registradas em vídeo e, posteriormente, disponibilizadas no site do evento: sescsp.org.br/bienaldedanca.

 

O espaço receberá a maior parte das videoinstalações que compõem a Bienal: Bricolage, Territórios Imaginários e Aonde Habitamos e o lançamento do livro “Temas para a Dança Brasileira”, organizado por Sigrid Nora e publicado pela Edições SESC. No Conversatório haverá também exibições de vídeos e de um filme produzido pelo Les Ballets C de La B, companhia belga cujo espetáculo Primero abre a Bienal SESC de Dança 2011.

 

Os espetáculos terão preços populares, entre R$ 2,50 e R$ 10,00, enquanto intervenções e instalações serão gratuitos. Para o acesso aos espetáculos, serão disponibilizados bicicletários nos teatros: SESC Santos, Brás Cubas, Coliseu e Guarany.

 SERVIÇO:
SESC realiza a 7ª edição da Bienal SESC de Dança

Venda de ingressos – A partir de 10/08 na rede ingressoSESC ou pelo portal SESC.
Ingressos espetáculos: R$ 2,50 e R$ 10,00
Intervenções e instalações: Grátis
Informações: sescsp.org.br/bienaldedanca

Transporte para a Bienal – Será disponibilizado transporte de São Paulo para Santos, com saída do SESC Vila Mariana (Rua Pelotas, 141). O retorno será após o último espetáculo do dia. Vagas limitadas. Informações pelo telefone: 11 5080-3000.

Bicicletários – nos teatros: SESC Santos, Brás Cubas, Coliseu e Guarany.

Informações pelo telefone: 13 3278-9800

 Locais das apresentações:
SESC Santos –
Tel.: 13 3278.9800 – Rua Conselheiro Ribas, 136 – Aparecida

Casa da Frontaria Azulejada – Rua do Comércio, 92 – Centro

Teatro Coliseu – Rua Amador Bueno, 237 – Centro

Teatro Guarany – Praça dos Andradas, 100 – Centro

Boulevard da Rua XV de Novembro – Rua XV de Novembro – Centro

Fonte do Sapo – Avenida Bartolomeu de Gusmão, s/nº – Aparecida

Parque Municipal Roberto Mário Santini } Emissário Submarino – Avenida Presidente Wilson, s/nº – José Menino

Praça Mauá – Rua General Câmara, s/nº – Centro

Praça da Paz Universal – Rua Waldemar Noschese, s/nº – Zona Noroeste

Teatro Municipal Brás Cubas – Avenida Sen. Pinheiro Machado, 48 – Vila Mathias

Cadeia Velha – Praça dos Andradas, s/ nº – Centro

Rodoviária – Praça dos Andradas, 45 – Centro

Poupa Tempo – Rua João Pessoa, 246, Centro

Estação da Cidadania – Avenida Ana Costa, 340 – Centro

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

Deixe uma resposta