A suspensão corporal em outro nível, confira o que rolou na Suscon 2013

0 Flares 0 Flares ×

Fotos: Rolf Buchholz

5959_637585152922243_649386593_n

Suscon é a abreviação para Suspension Convention (Convenção de Suspensão) e tem como casa o Estado do Texas nos Estados Unidos da América. É considerado por muitos como o evento anual “oficial”  da prática da suspensão corporal e profissionais do mundo todo se deslocam para prestigiar a convenção.
O nome Suscon foi utilizado pela primeira vez pelo TSD (Traumatic Stress Discipline), grupo de suspensão criado por Allen Falkner em 1992. No entanto, muitos outros grupos se apropriaram da terminologia e realizaram Suscons por vários países, inclusive no Brasil. Em todo caso, o original e oficial fica sendo o que acontece no Texas, que deixa claro ser limitado para não praticantes ou aspirantes a praticantes de suspensão. Inclusive, indica que se procure um grupo local em caso de primeira suspensão. É um evento para profissionais e pessoas experientes.
Nos dias 29, 30 e 31 de Março aconteceu em Dallas mais uma edição da Suscon, focado cada vez mais na questão da formação e educação, por isso a necessidade de limitação.
A listagem de palestrantes e tópicos abordados por estes, eram de encher os olhos.
A Suscon é sem dúvida o principal e mais importante evento de suspensão corporal no mundo, e isso se dá pelo fato de se reunir os mais importantes nomes da prática, a exemplo, o pai da suspensão moderna Allen Falkner e o australiano Stelarc em pessoa.
Falando em Stelarc, além de uma palestra, o artista apresentou a performance Shadow Suspension, em mais uma parceria com o norueguês Håvve Fjell (Wings of Desire). De tirar o fôlego em vários aspectos, principalmente por conhecer o histórico do artista australiano, que vem lá da década de 70.  Emocionante!

Não temos conhecimento se houve algum brasileiro participando do evento, provavelmente não. Uma pena, pois com certeza a experiência deve ser transformadora e poderia reverberar positivamente na cena da suspensão corporal nacional.
Não é fácil escrever sobre um evento apenas olhando fotos, assistindo vídeos ou lendo comentários em redes sociais. Acreditamos que a essência mesmo de viver a coisa de perto se perde. Mas, reconhecendo a importância e relevância da Suscon, não poderíamos deixar passar em branco. Por sorte o querido Rolf Buchholz nos cedeu algumas imagens, assim, mesmo que de longe, foi possível apreciar um pouco do que rolou por lá.
Vida longa para Suscon!



Stelarc performance: “Shadow Suspension” @The… por mute-one

Fontes:
http://wiki.bme.com/index.php?title=SusCon

http://wiki.bme.com/index.php?title=TSD

http://www.bme.com/search/media/all/?q=suscon%20brazil&page=3

http://suspension.org

http://suspension.org/DallasSuscon2013.htm

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

Deixe uma resposta