As modificações corporais nas orelhas dos povos indígenas da América do Norte

0 Flares 0 Flares ×

Fotos: reprodução / Robert Griffing

 “(…) A nossa história com as modificações corporais é anterior a colonização. A colonização foi responsável pelo extermínio de parte dessa história. A colonização não acabou ainda.”
Manifesto Freak

A nossa relação com a história é bastante frágil. Esquecemos de tudo rápido demais. Não nos importamos em conhecer o que veio antes de nós. Abraçamos o presentismo e algumas vezes nos comportamos como se estivéssemos inventando a roda. Algo para se pensar e modificar (para além do corpo) em nossa comunidade.

Recentemente fizemos uma publicação educativa no Instagram do FRRRKguys (@FRRRKguys) tratando disso tudo, pontuando que a nossa história não começou hoje. E agora escrevemos mais um texto para contribuir com essa reflexão.

Hoje um dos procedimentos que tem ganhado bastante visibilidade e pessoas adeptas é a chamada Coin Slot, que consiste basicamente em criar uma fenda na orelha para que seja adornada, usualmente com múltiplas argolas. Escrevemos sobre o procedimento AQUI.

A prática de cortar e embrulhar a orelha definitivamente não é algo novo. Há registros de que ela tenha sido usada por populações das Áfricas e também aqui na América. Registros apontam que diversas populações das florestas da América do Norte adornavam suas orelhas dessa maneira.

O aro da orelha era cortado e ao seu redor era enrolado uma espécie de arame. Aponta-se que era feita uma orelha por vez, considerando o processo de cura. Gradativamente a orelha era alargada e adornada com vários tipos de enfeites. O pintor norte-americano Robert Griffing (1940-) registrou em suas obras diversos povos das florestas do século XVIII. Graduado pelo Art Institute of Pittsburgh, depois de 30 anos de carreira na área de propaganda, voltou seu trabalho para sua grande paixão, os povos tradicionais. É um homem branco dos Estados Unidos do século XX pintando sobre os povos indígenas dos séculos passados, dado que precisa ser considerado quando olhamos as pinturas.

Dentre os povos indígenas que realizam a prática estavam os Iroqueses, que viviam no Sul de Ontario e no nordeste do que é hoje os Estados Unidos, e entre os Algonquinos, também ocupantes do norte. Abaixo podemos ver um pouco do trabalho de Robert e em seus livros, podemos ver muito mais.

Chefe de guerra dos Moicanos, 1993.

Publicado em 2017 pela Paramount Press.
Livro publicado em 2003 pela Paramount Pr Inc.
Livro publicado em 2007 pela Paramount Press.
(Visited 1 times, 1 visits today)
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×