Feliz dia para as professoras e professores

0 Flares 0 Flares ×

Professora Beatriz Zanon de Ciências. Foto: Sauntering

“Sou professor a favor da luta constante contra qualquer forma de discriminação, contra a dominação econômica dos indivíduos ou das classes sociais.
Sou professor a favor da esperança que me anima apesar de tudo.
Sou professor contra o desengano que me consome e imobiliza.
Sou professor a favor da boniteza de minha própria prática, boniteza que dela some se não cuido do saber que devo ensinar, se não brigo por este saber, se não luto pelas condições materiais necessárias sem as quais meu corpo, descuidado, corre o risco de se amofinar e de já não ser testemunho que deve ser de lutador pertinaz, que cansa, mas não desiste.” 
Paulo Freire

 

Celebra-se no Brasil no dia 15 de Outubro o Dia das Professoras e Professores. Nós do FRRRKguys gostaríamos de prestar uma singela homenagem para toda essa classe de trabalhadores e trabalhadoras que tem um papel fundamental na luta contra o obscurantismo carregado de rancor e ódio que temos assistido crescer ao redor do mundo. Não depositaríamos nunca toda essa enorme responsabilidade em uma única classe trabalhadora, mas reconhecemos nela o poder para vivermos uma profunda transformação social, cultural e política. Gostaríamos muito que vocês – professoras, professores – soubessem que estamos do lado de vocês. Feito aliados. Feita aliança. 

Falando em transformação social, não poderíamos deixar de homenagear as pessoas com modificações corporais que estão hoje exercendo o ofício do magistério. O que se deu através de muita luta e resistência ao discurso de senso comum que pregava que esses corpos não serviam, não prestavam, não seriam nada. A pedagogia do esquisito está aí, não apenas como teoria, mas como prática educativa, inclusiva e inclusive, por vias da presença desses corpos, nesses lugares, nesses tempos. 

Professor Smoke de Artes. Foto: Sauntering

Há poucos anos atrás eu conseguia contar nos dedos de uma só mão quantos professores e professoras com modificações corporais eu conhecia. Hoje há uma multidão que não precisa mais esconder aquilo que são – e nós somos os nossos corpos – para conseguir viver com dignidade. Sobre isso, nenhum passo para trás. 

Ainda, gostaríamos de lembrar da importância da valorização – não só econômica, mas também ela – dessa classe. Gostaríamos de lembrar que enquanto eu escrevo essas linhas, há projetos em curso para fechamentos de salas de aula e isso está acontecendo sem alarde, para que não se perceba e nem se sinta. Gostaríamos de lembrar que existe a reforma do ensino médio, também em curso, onde o diálogo com a classe de trabalhadores da educação foi completamente ignorado e silenciado, embora diga-se ao contrário nos comerciais da TV. Uma reforma da educação sem a presença de educadoras e educadores, não é e nunca será reforma, é golpe. Gostaríamos de lembrar que a valorização das professoras e professores está – sem temer – na promoção do respeito. Não existe promoção do respeito sem liberdade de expressão, pensamento crítico e diversidade. 

Professor Alex de Inglês. Foto: Sauntering

Nós do FRRRKguys temos um profundo respeito por vocês. Desejamos que nesse dia – e nos demais – a sociedade possa refletir sobre como tem sido o tratamento com vocês e, ainda, que tipo de lugar queremos construir para habitar. Sigam sendo lutadoras e lutadores, não desistam! 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

About T. Angel

No cenário da modificação corporal brasileiro desde 1997, inicialmente como entusiasta e posteriormente atuando no campo da pesquisa. Parte de seu trabalho está incluso no livro "A Modificação Corporal no Brasil - 1980-1990" e grande parte depositada aqui no FRRRKguys.com.br.