II MOLA – Mostra OSSO Latino-americana de Performances

0 Flares 0 Flares ×

“O corpo informa enquanto a boca cala, a ossatura é feita de fibras e tecidos e a política nada mais é que afeto”.
OSSO Coletivo de Performance.

virtual (FINAL)

A II MOLA – Mostra OSSO Latino-americana de Performances – aporta na Costa do Descobrimento entre os dias 10 e 20 de março. A bordo, performáticos e pesquisadores da linguagem da performance art de diversos países latino-americanos ávidos em (re) descobrir a região tombada pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – como patrimônio histórico brasileiro e dotada de extraordinária riqueza natural. Elaboradas a partir do contato dos artistas com a realidade local, as performances serão apresentadas em diversos espaços públicos de Arraial D`Ajuda e Trancoso, distritos do município turístico de Porto Seguro. Debates sobre temas relacionados a performance em espaços públicos, a cena independente na América Latina, também estão incluídos na programação da II MOLA, realizada pelo OSSO Coletivo de Performance e viabilizado pelo edital setorial de artes visuais da Fundação Cultural do Estado da Bahia.

 

Fruto de um ciclo de mostras performáticas realizado pelo OSSO em 2009, a MOLA foi criada em 2010 com o objetivo de fortalecer uma rede de performadores na América Latina e ainda inserir a Bahia no calendário dos festivais de performance ao redor do mundo. Levar a linguagem da performance art atualmente bastante restrita aos grandes centros urbanos para outros espaços, permitindo confrontações outras, também são propósitos da MOLA que se configura como uma mostra itinerante de performance e ainda em um fórum privilegiado de trocas de experiências entre artistas e pesquisadores. A comissão de seleção da II MOLA – Rose Boaretto (integrante do OSSO e coordenadora da MOLA), Bia Medeiros (professora do Instituto de Artes da UNB) e Santiago Cao (artista performático argentino) – esteve empenhada em identificar artistas diretamente envolvidos com a cena independente de performance em seus países de origem, e ainda com propostas de trabalhos relacionais voltados para espaços públicos: Anibal Sandoval (Chile), Diana Daf (Peru), George Sander (São Paulo-Brasil), Juan Montelpare (Equador), Laís Guedes (Bahia-Brasil), Lucas Moreira (Bahia-Brasil), Luis Eduardo Martínez (Argentina), Mariana Picart Motuzas (Uruguai), Maria Eugênia Matricardi (Distrito Federal-Brasil), Sara Panamby (São Paulo-Brasil), Tiago Sant`Ana (Bahia-Brasil), Tzitzi Barrantes (Colômbia).

 

www.mola2013.blogspot.com

www.mostraossolatinoamericana.blogspot.com

www.coletivosso.blogspot.com

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

Deixe uma resposta