São Paulo: ‘Dança para todos os corpos’ é o curso orientado por Marcos Abranches

0 Flares 0 Flares ×

Marcos Abranches em ‘Corpo sobre tela’. Foto: Vanessa Moraes

Dança para todos os corpos tem como proposta trabalhar com práticas de consciência corporal; exploração do movimento; respiração e concentração; considerando o público a que se dirige. O curso visa trabalhar com a ideia de que toda e qualquer atividade a ser proposta seja acessível a todos que realizam aquela vivência, buscando não excluir ninguém das experimentações.

Possibilitar o desenvolvimento da percepção do espaço e do corpo no espaço dentro e fora da sala de aula. Possibilitar a compreensão do movimento como um todo organizado, buscando preparar e fortalecer o corpo para o cotidiano. Fazer profundas e efetivas mudanças posturais, transformando a forma do corpo de dentro para fora. Estimular a coordenação motora, o senso rítmico e, principalmente, a criação artística da dança. Proporcionar apropriação anatômica do seu próprio corpo através de imagens táteis e de sensações que surgem através do toque em cada região. Trabalhar a consciência do peso de seu próprio corpo, através do contato físico com objetos e com os outros corpos. Oferecer recursos para a realização de pequenas e grandes transferências de peso na dança. Explorar e aprofundar o tato e o contato dos participantes, importantes componentes para suas atividades cotidianas e também para o desenvolvimento da dança.

O curso será oferecido pela SP Escola de Teatro e contará com a orientação de Marcos Abranches. O artista iniciou sua carreira independente em 1999 quando cria a VIDANÇA CIA. Antes disso integrou a Cia. FAR 15, atuando nos espetáculos “Senhor dos Anjos“, “Jardim de Tântalo” e “Metamorfose“, de Franz Kafka, dirigidos e coreografados por Sandro Borelli e Sônia Soares.
Incentivado por Phillipe Gemet, desenvolveu um trabalho coreográfico com mais duas bailarinas e fundou a Cia. Vidança, apresentando a peça Desequilíbrio, que posteriormente transformou-se em um espetáculo solo. 
 
 O trabalho desenvolvido pela Cia Vidança. busca a reflexão sobre o corpo, até então considerado incapaz para tal prática e que inaugura, na cena, um despertar para novas possibilidades estéticas de movimento, criação e produção artística. O papel do corpo diferente na cena contemporânea passa a reivindicar um lugar além dos discursos do modelo institucional de inclusão e reivindica espaços de criação cênica e o acesso ao mercado de trabalho nas artes. A companhia traz como proposta estética e dramatúrgica uma abordagem diferenciada sobre os corpos estigmatizados, fora dos padrões estabelecidos pela pseudonormalidade, para assim adentrar no universo das estranhezas, inaugurando um outro olhar, desvelar o ser humano na sua essência.

Público
Pessoas com e sem deficiência, jovens (a partir de 14 anos) e adultos interessados em dança e preparação corporal.
35 vagas

Seleção

Carta de interesse (máximo uma lauda) e Currículo (máximo duas laudas).

De 28 de agosto a 26 de outubro de 2017
Segundas e quintas – das 18h30 às 20h
Local: Teatro Sergio Cardoso. (R. Rui Barbosa, 153 – Bela Vista)

CRONOGRAMA DAS INSCRIÇÕES
Inscrições: 2 a 20 de agosto
Aprovados: 24 de agosto
Matrícula online: 25 de agosto
CLIQUE no link abaixo para realizar sua inscrição:
http://spescoladeteatro.org.br/extensao-cultural-2017/inscricao-162.php?curso=162
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

About T. Angel

No cenário da modificação corporal brasileiro desde 1997, inicialmente como entusiasta e posteriormente atuando no campo da pesquisa. Parte de seu trabalho está incluso no livro "A Modificação Corporal no Brasil - 1980-1990" e grande parte depositada aqui no FRRRKguys.com.br.