Bodymoded Punky visita o Brasil e nós estivemos com ele

0 Flares 0 Flares ×

Fotos: T. Angel 1

Não faz muito tempo fizemos uma entrevista exclusiva com o Bodymoded Punky, jovem alemão que ficou bastante conhecido pelo mundo todo por conta de seus alargadores nas bochechas. Para nossa surpresa nesse fim de semana ele chegou ao Brasil, convidado para participar de um programa de televisão na Band. Tivemos a oportunidade de encontrá-lo hoje, passamos a manhã toda juntos. Enquanto ele fazia mais uma nova tatuagem, com Victor Bergamo, aproveitamos para conversar sobre a vida, a viagem e, claro, modificações corporais. Antes de qualquer coisa é preciso dizer que o Punky é muito simpático, acessível e educado.

2

Sobre a viagem ao Brasil, ele contou que estava adorando a temperatura, brincou que nosso inverno é o verão dele. Comentou ter ficado impressionado com o tamanho da cidade de São Paulo. Apesar disso não conseguiu passear para conhecer muitos lugares. Sobre a culinária, ele não sentiu muita diferença com o que ele está acostumado a comer na Alemanha. Por fim, disse que pretende voltar em outras oportunidades para aproveitar mais do país.

3 (cheeks plugs: a primeira peça é para usar diariamente, a do meio apenas para comer e a última para brincar)

Conversando sobre as modificações corporais, é perceptível a sua paixão por procedimentos mais extremos. É algo evidente em seu corpo e seu discurso. Punky acredita que são esses procedimentos que vão nos levar para outros níveis no campo técnico das modificações do corpo. Em outras palavras, é preciso dar passos adiante para criarmos novas possibilidades. O que não é fácil, todavia, possível.

4

Uma curiosidade boba – mas que é significante -,  o rapaz nunca havia visto de perto um eyeball tattooing. Nos disse que não é muito comum na cidade em que ele vive e não escondeu o desejo de ter os olhos pigmentados algum dia, no entanto, confessou não se sentir pronto ainda para tal procedimento por questões que envolvem trabalho e vida.

5                                                        (Victor Bergamo, Bodymoded Punky e T. Angel)

Fazemos questão de compartilhar o elogio que recebemos sobre a entrevista que fizemos com ele. O rapaz comentou que já foi entrevistado por inúmeros jornalistas do mundo todo e que nenhuma matéria ele gosta tanto quanto a nossa. A justificativa é simples, Punky contou que foi a primeira vez que o que ele falou foi publicado integralmente, que  não cortaram suas falas, não trocaram suas palavras e isso para ele foi importante. Comentou que sempre que recebe questionamentos sobre suas modificações corporais ele copia e cola o link da nossa entrevista. Achamos por bem dividir isso por aqui, para tentar auxiliar as pessoas que trabalham com jornalismo a serem menos levianas e rudes. A gente entende que matéria sensacionalista vende jornal, mas é feio desumanizar as pessoas ou tratá-las com pouco respeito. Todas as pessoas merecem ser respeitadas e quando vocês jornalistas ocultam, alteram, cortam as suas falas, vocês estão silenciando discursos, invertendo lógicas e criando mentiras. Apenas parem com isso.

Para terminar, Punky é muito jovem e está cheio de desejos e disposição. Não tenho dúvidas que escreveremos muito sobre ele ainda e os processos que irão rondar seu corpo. Há muito por vir. Nosso respeito e carinho ele já ganhou.

6

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

About T. Angel

No cenário da modificação corporal brasileiro desde 1997, inicialmente como entusiasta e posteriormente atuando no campo da pesquisa. Parte de seu trabalho está incluso no livro "A Modificação Corporal no Brasil - 1980-1990" e grande parte depositada aqui no FRRRKguys.com.br.