Cobertura do 1º Tramandaí Tattoo Fest

0 Flares 0 Flares ×

Fotos: Caren Zin

1782018_622994581105800_1733113449_n

Perdemos o interesse pelas convenções de tatuagem já faz um tempo. Uma infinita repetição do mesmo e fechamento de portas para as outras práticas de se modificar o corpo fizeram com que não tivéssemos mais vontade e nem significado de participarmos. Parece que agora as pessoas que organizam convenções começaram a se atentar para isso, o que é muito bom. Acabamos de voltar do 1º Tramandaí Tattoo Fest e em nossa mala trouxemos muito mais do que otimismo. Tudo começa com o fato de ser um mulher encabeçando a organização de tudo. A tatuadora gaúcha Mikelly do TW Tattoomachines não só organizou a convenção, como fez isso de maneira totalmente independente, isto é, sem patrocinadores e tão pouco apoio efetivo da cidade.
Para os mais desavisados o espaço da mulher dentro da comunidade da tatuagem ainda é pequeno. Está em plena ascensão, é verdade, mas ainda é um número baixo quando comparado com a quantidade de homens. Trabalhando na organização de convenções, por exemplo, não temos o conhecimento de outra mulher antes de Mikelly.

A convenção de Tramandaí buscou levar novidades para a cidade e ao mesmo tempo rever o que um evento do tipo pode oferecer. Workshops diversos, palestras, mostra de filmes formavam a programação, além de uma performance envolvendo suspensão corporal com o coletivo de artistas de São Paulo, o 3º Cielo.

1975154_622565741148684_61497674_nMais fotos da performance CLIQUE AQUI.

A premiação, que é bem típica de todas convenções, buscou também englobar o body piercing, o que quase nunca acontece. Uma pena que os body piercers se interessaram pouco, houveram apenas dois inscritos para concorrer na única categoria disponível. Pensando na quantidade de profissionais atuantes em eventos do tipo, chega ser uma lástima.  É preciso profissionais que se afirmem ativamente, inclusive em convenções que normalmente abrem tão pouco espaço para essa prática.

Quem circulou pelos corredores do evento, também pode assistir o profissional Luciano Iritsu fazendo uma escarificação em um dos stands. Mais uma abertura positiva possibilitada pelo 1º Tramandaí Tattoo Fest.  A maioria das convenções não permitem essa prática de se modificar o corpo, o que a gente não consegue muito bem entender, mas acontece.

IMG_20140223_200215

A primeira edição do Tramandaí Tattoo Fest teve os seus problemas, mas teve em maior medida a serenidade e o desejo de renovação. Fazia tempo que a gente não passava por uma convenção de tatuagem com a vontade de ficar e essa foi uma sensação muito boa.
Que venham as próximas edições, inclusive para 2015 os stands já começaram a ser vendidos e você pode saber mais CLICANDO AQUI. Sem dúvida alguma estaremos por lá.

Abaixo você confere o resultado da premiação e suas respectivas categorias

1888538_622990731106185_1318777328_n

Jurado: Rafael Cassaro, Inácio da Glória e Mordenti

Melhor série colorida
1º lugar – Nashy (Argentina)
2º lugar – Goi Tattoo

Melhor  série P&B
1º lugar – Cinho Tattoo
2º lugar – Goi Tattoo

Art Fusion
1º lugar – Bagé e Samurai
2º lugar – Alvaro e Popeye

Categoria Tribal
1º lugar – Felipe Soares
2º lugar – Lopes Tattoo Chapeco

1972548_621889301216328_1728712466_n

Pontilhismo
1º lugar – Juliano Torres
2º lugar – Ibrahim Tattoo

1798258_621889377882987_1606834126_n

Cultura Brasileira
1º lugar – Sidinho
2º lugar – Eduardo Verani Tattoo

New School
1º lugar – Gustavo Bagé
2º lugar – Lucas Machado

From Hell
1º lugar – Cabello Sebbin
2º lugar – Rafael Giovanelly

Comics
1º lugar – Fernando Tampa
2º lugar – Douglas Sherer

1781957_621889527882972_249792245_n

Portrait
1º lugar – Jorge Vilela
2º lugar – Fuzina

Fechamento
1º lugar – Heraclito
2º lugar – Robson

New Trad
1º lugar – Fernando Tampa
2º lugar – Jay

Free hand
1º lugar – Alvaro Serafim
2º lugar – Robson Santos

Preto e Cinza
1º lugar – Leitones
2º lugar                – Adriano Viana

Realismo
1º lugar – Jorge Vilela
2º lugar – Rafael Giovanelli

Old School
1º lugar – Jeanzito Hernandez
2º lugar – Rodrigo Tassoni

1947957_621889464549645_2112582466_n

Colorido
1º lugar – Diego Dias
2º lugar – Popeye Tattoo

Oriental
1º lugar – Lucas Koleany
2º lugar – Felipe Dor

Melhor tatuagem do evento
1º – Gustavo Bagé

Body Piercing
1º lugar – Rafa – Neto Tattoo
2º lugar – Cris – Crust Tattoo

 foto Rafa(Foto: Rafa Piercer)

Miss Tattoo
1º lugar – Gabi Peralta
2º lugar – Nati

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

About T. Angel

No cenário da modificação corporal brasileiro desde 1997, inicialmente como entusiasta e posteriormente atuando no campo da pesquisa. Parte de seu trabalho está incluso no livro "A Modificação Corporal no Brasil - 1980-1990" e grande parte depositada aqui no FRRRKguys.com.br.