Deputados se reunem na Tattoo Week para discutir projeto de lei que regulamenta a profissão do tatuador e piercer

0 Flares 0 Flares ×

Nota: As fotos do artigo foram deletadas a pedido do autor. Desculpe-nos o transtorno.

Durante a Tattoo Week houve um encontro entre deputados, tatuadores e piercers profissionais para que fossem discutido os rumos do Projeto de Lei 2104/07.

Curioso que escrevemos recentemente sobre o respectivo projeto de lei AQUI. Todavia, visto a recente discussão, se faz importante repetir que este dispõe sobre a regulamentação da atividade de dermopigmentação artística (tatuagem) e perfuração corporal (piercing), assim como das condições de funcionamento dos estúdios para o exercício da profissão. Também é importante mencionar mais uma vez que a autoria do projeto é do deputado João Paulo Cunha (PT-SP), condenado no julgamento do mensalão a 9 anos e 4 meses de prisão pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e corrupção passiva. O que ao nosso entendimento poderia atrasar o andamento de tudo.

Falando especificamente do encontro, a reunião se deu com o deputado federal Vicente Candido (PT) e o assessor do deputado João Paulo Cunha. Também presente no encontro atual e acompanhando ativamente a questão desde 2007, o body piercer responsável pelo Associação dos Tatuadoes e Perfuradores Corporais do Brasil afirma que é “de sumária importância para a saúde pública que este projeto, o mais rápido possível, se torne lei.

O que parece, o interesse pela regulamentação das profissões parece não interessar para todos. A reunião contou com a presença de apenas 20 integrantes interessados em saber mais sobre o que ocorre com as atividades ao nível legislativo federal. Comparando com a quantidade profissionais em atividade e estúdios em funcionamento, o número passa longe do 1% de adesão. O que ao nosso ver precisaria ser identificada a causa do desinteresse.

Soubemos que que as pessoas participantes saíram da reunião com a promessa do Deputado Vicente Candido de reapresentar o projeto o mais rápido possível em votação.  Pretendemos ir atualizando as informações, conforme forem sendo repassadas para nós.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

Deixe uma resposta