Drako Zarharzar: o homem cuja mente explodiu

0 Flares 0 Flares ×

Fotos: divulgação

935643_554698244576204_1686931075_n

The man whose mind exploded é um filme documentário do diretor Toby Amies. Não está correndo pelos cinemas brasileiros, mas com certeza deveria e você provavelmente vai concordar conosco.

O filme conta a história do engraçado, charmoso e exótico Drako Zarharzar, que é capaz de se lembrar de ter trabalhado com Salvador Dalí, mas que não consegue lembrar do dia de ontem. Em suas lembranças de um passado distante ele afirma ter  sobrevivido dois comas, dois colapsos nervosos e duas tentativas de suicídio. Deixando o passado de raiva, o Drako de hoje é alegre, extrovertido, e mais que feliz deixava-se ser filmado por Toby, inclusive em toda sua gloriosa nudez tatuada.

Drako vive “completamente no agora” por consequência de danos cerebrais que o incapacitam de criar novas memórias, o que é chamado na medicina de amnésia anterógrada e tem efeito no corpo similar ao Alzheimer.

Para compensar a deficiência, Drako criou uma linda e chocante autobiografia 3D, através de colagens que preenchem o pequeno espaço de seu flat. Uma genuína instalação de arte. Você entrando na casa de Drako, automaticamente se está entrando em sua mente.

O diretor do documentário diz que queria entende-lo e acabou cuidando dele. O filme mostra inclusive a construção dessa relação de amizade e interação entre ambos. O filme é uma colaboração entre eles – diretor e personagem -, um registro de um relacionamento que trouxe muita alegria, maravilhamento e ao mesmo tempo dor, segundo conta a pequena sinopse no trailer. Tudo isso deixou Toby Amies pensando que só é possível amar alguém de verdade se você enxergar o mundo do ponto de vista deles. Se a pessoa amada tem graves danos mentais isso se torna um desafio.
É sobre isso que o documentário fala.
Esperamos que o filme chegue ao Brasil.

The Man Whose Mind Exploded – Documentary Trailer from James Scott on Vimeo.

 

 

947066_554700617909300_1257263268_nA única filosofia de Drako é  “trust absolute conditional”, que por sinal está tatuada em seu corpo, o que nos faz lembrar um bocado do filme Memento (EUA, 2000) do diretor Christopher Nolan.

___________________

Siga o filme: @ facebook.com/TMWME

twitter.com/TobyAmies
facebook.com/tobyamies
linkedin.com/in/tobyamies
tobyamies.com

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

Deixe uma resposta