Gingers: filme indispensável para quem gosta de ruivos

Foto: divulgação

ginger

O  diretor português António da Silva lançou mais um filme, Gingers, dedicado para quem gosta de homens ruivos. Este é o seu quinto curta metragem  e versa sobre o universo dos homens homossexuais ruivos. Alguns com tatuagens e piercings, que somados de sardas e cabelos vermelhos constroem uma beleza bastante peculiar e rara.
Tudo começou quando o cineasta português António da Silva se mudou para o leste de  Londres há alguns anos e ele percebeu sua atração pelos garotos de cabelos vermelhos.

É verdade o que dizem sobre os ruivos? Vermelho em cima e fogo embaixo? Assistindo o teaser do filme, tudo indica que sim. Algumas das experiências sexuais mais intensas do diretor foram com ruivos, como aponta o site Butt Magazine. Bem, podemos imaginar o quanto a produção foi divertida, principalmente nas filmagens pela Irlanda, reconhecida pela alta porcentagem de ruivos ou pelo menos de homens com alguns fios vermelhos nas barbas.
Falando nas filmagens especificamente, elas aconteceram na Irlanda, Inglaterra, Alemanha, Portugal e até mesmo aqui no Brasil. Obviamente que em Portugal e no Brasil a quantidade de ruivos é pequena, mas existente. Segundo depoimentos do diretor, foram nesses dois países que ele encontrou os mais entusiasmados sobre o assunto e completou “Eles (os ruivos) tinham a necessidade de falar sobre suas diferenças”. Ao todo foram entrevistados 24 homens ruivos.

tumblr_mkww5sC9ry1sndefno2_r1_1280

O filme está disponível para ser assistido na internet, mediante a doações que visam apoiar a produção de António da Silva.
Em Portugal o curta terá a sua estreia na 10ª edição do Festival IndieLisboa, no dia 22 de Abril (segunda-feira) às 19h15, no Cinema S. Jorge, Sala Manoel de Oliveira.

 

 

 

Logo abaixo você confere o teaser do filme. Quanta beleza há!

GINGERS / teaser from Antonio da Silva Films on Vimeo.

About T. Angel

Historiador e artista da performance. Está inserido no cenário da modificação corporal brasileiro desde 1997, inicialmente como entusiasta e posteriormente pesquisador. Parte de seu material de pesquisa está incluso na iniciação científica "A Modificação Corporal no Brasil - 1980-1990" e grande parte depositada aqui no FRRRKguys.com.br.