Instalação no metrô de São Paulo versa com a suspensão corporal

0 Flares 0 Flares ×

Fotos: Letícia Rita / Divulgação


Para quem anda pelos metrôs de São Paulo, pode conferir do dia 10/06 a0 31/08 a instalação site specific Subordinado (2012) da artista Letícia Rita. A obra que ocupou a Estação Trianon-MASP (Linha 2 Verde do Metrô) fez parte do Projeto Vitrinas.

Um vaso de cerâmica suspenso por ganchos e ao fundo uma imagem de um corpo humano suspenso, este  era o cenário composto pela instalação. Subordinado é um trabalho que versa com a suspensão corporal, trazendo esta para o olhar de todos. Para os que vão olhar com desprezo, aflição, nojo e para aqueles que irão admirar ou simplesmente refletir sobre essa possibilidade. Na tentativa de não chocar tanto, o sangue é ocultado. A sociedade contemporânea nesse sentido é a mais contraditória, altamente destruidora e violenta, mas sensível aos fluídos corporais.


Segundo a artista esta é uma obra que discute como as pessoas lidam com as suas liberdades e principalmente como as pessoas que praticam a suspensão exercem a sensação do estar livre, ainda que o corpo esteja aprisionado por ganchos.
Esse não é o primeiro trabalho em que a suspensão se faz presente no trabalho de Letícia, anteriormente a artista simulou suspensões no trabalho Subordinados ou Sob ordenados na Galeria Smith.
Apenas como um adendo, o trabalho de Letícia nos fez lembrar da obra da artista plástica Priscilla Davanzo, especificamente o trabalho Objetos animados e inanimados (2002) realizado na Unesp.

A arte contemporânea cada vez mais abre espaços para a suspensão corporal. Aqui a gente vibra!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

About T. Angel

No cenário da modificação corporal brasileiro desde 1997, inicialmente como entusiasta e posteriormente atuando no campo da pesquisa. Parte de seu trabalho está incluso no livro "A Modificação Corporal no Brasil - 1980-1990" e grande parte depositada aqui no FRRRKguys.com.br.