Ricky Hoover: beleza, música, alargadores e outras coisas mais

0 Flares 0 Flares ×

Fotos: Divulgação

No cenário da música corpos tatuados e, com outros tipos de body modifications, já deixaram de ser novidade faz tempo. Mesmo assim é sempre bom poder acompanhar esses corpos que transitam pelas mais variadas possibilidades musicais. Em um desses nossos passeios pelas redes sociais acabamos encontrando o norte americano Ricky Hoover. Inicialmente o que nos chamou a atenção foi a beleza que o corpo rabiscado desse jovem transmitia. Em uma curta pesquisa percebemos que havia muito mais por detrás daquele olhar sereno e pele colorida.
Ricky foi vocalista da banda de deathcore Suffokate e em sua página do facebook se diz straight edge e vegano. Além disso, em parceria com o seu pai tem uma empresa que fabrica ear plugs de madeira a Gotwood Plugs.
A saída de Ricky do Suffokate é recente e como bem mostrou o site brasileiro News Metaldiscs tudo foi anunciado pelo tumblr, canal que o cantor usa para falar com seus fãs.

“Ontem eu anunciei que eu não sou mais vocalista do Suffokate
Isto não tem nada a ver com o fato de que atualmente estou estudando. Essa foi uma decisão conjunta, tanto da banda quanto minha, e sinto que isso é o melhor para nós neste momento.”

“Nos últimos quatro anos, tenho feito e visto coisas que eu nunca teria feito se não fosse com a banda. Estes foram os melhores anos da minha vida e jamais vou esquecer de todos os grandes momentos que tive e todos os fãs incríveis que conquistei. Estou triste por deixar tudo isso, mas não podia mais continuar devido a outras razões que eu não vou falar sobre agora. Eu não tenho nada contra ninguém da banda, ou má vontade, e sempre vou ama-los e também vou amar a música que eu tive a sorte de ajudar a criar. Eu derramei todo meu sangue e tenho dado o melhor de de mim nesses dois últimos álbuns, e sempre serei grato a eles, por sempre me apoiarem. Não importa o que acontecer, os caras do Suffokate sempre serão meus irmãos. Eu farei o que puder para ajudá-los. Eles são as melhores pessoas que eu já conhecí, e eu estou realmente feliz por ter feito tudo isso com eles. Não é o fim para mim, musicalmente,estou pensando em fazer algo em um futuro próximo. Eu tenho algumas coisas pessoais que eu preciso cuidar agora, e prioridades para trabalhar na minha vida, antes que eu possa voltar a fazer isso. Eu sempre terei uma paixão pela música e pela expressão lírica,  nunca irei parar de comopor. Música sempre estará na minha vida, e está ligada a quem eu sou. Estou muito ansioso para ver o que vão oferecer para mim, então fiquem ligados nos meus futuros projetos musicais. Para os meus fãs, que são o motivo de eu ainda estar aqui, vocês me ajudaram muito, tanto quanto vocês dizem que eu os ajudei. Estou extremamente feliz que fui capaz de ter uma forte conexão com todos vocês. Graças a vocês, eu sou hoje quem sou hoje . Eu ainda tenho o meu Twitter pessoal, Tumblr e Instagram com o nome @iamrickyhoover onde vocês podem ver tudo que continuarei fazendo daqui em diante.”
Ainda quando membro da banda o artista concedeu uma entrevista ao blog O caralho do Rock, que traçou o seguinte perfil do belo:

“Ricky é californiano, tem 27 anos, mais de um 1,90m e boa parte do corpo tatuada, além de impressionantes alargadores de 7 centímetros de diâmetro. Tenta ser um cara normal, um não artista, ou melhor dizendo, uma não celebridade, que conversa diariamente com seu público por meio de seu perfil no tumblr. Tenta. Desliza quando lhe convidam para uma entrevista, quando esse termo “formal” é usado, e decide ter toda a preguiça do mundo para dizer qualquer coisa. Consegue quando responde com simpatia a perguntas anônimas, de todo tipo. Gosta de molecagens, admitindo peidar enquanto berra em suas músicas, e falando de sexo o tempo todo – embora muitas da vezes se mostre inexperiente e um tanto careta.”

Ricky Hoover é definitivamente uma figura curiosa, amante de filme pornô e de horror, é realmente um ótimo exemplo de que a beleza masculina oriunda das práticas das modificações corporais existe. Sendo assim, ele não poderia estar fora do FRRRKguys.com.

Abaixo uma galeria com imagens de Ricky.

Aqui você confere uma entrevista exclusiva de Ricky para o Ink & Honor, contando as histórias que rondam suas marcas corporais e mostrando suas tatuagens.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

Deixe uma resposta