Shows, suspensões e performances marcaram a Hurt Fest 2

0 Flares 0 Flares ×

Fotos: Tissa Cristina

4754_460187520712670_1719196910_n

Em 2010 tivemos a oportunidade de estar presentes na primeira edição da Hurt Fest, evento mineiro que reúne em um único dia shows de rock ‘n roll, suspensões corporais  e performances. Agora em Dezembro aconteceu a segunda edição do evento e novamente estávamos por lá. Ainda bem!
A primeira impressão que fica e, sempre achamos importante mencionar, é que existe uma grande diferença dos eventos que são realizados em São Paulo em comparação com aqueles de fora daqui. Não sabemos o que acontece com a cidade paulistana, mas é realmente estranho ter conhecimento do alto número de pessoas que se interessam por body mods, body art, suspensão corporal e os eventos daqui sempre ficarem com seus poucos gatos pingados. Parece que o solo daqui não é tão fértil como os de lá… Vai saber.
Pois bem, Belo Horizonte nos mostrou – mais uma vez – um evento bonito. Público diversificado e disposto a assistir um show musical e também ver corpos suspensos no ar. Assim como assistir um freak show em que o corpo parece não ser de verdade ou que o sangue nada mais que um efeito especial. Esse público esteve o tempo todo disposto a não só assistir, mas dançar junto com os performers, Dark Freak e Chibbi Naira, o som eletrônico que marcava o show. Claro que deve ter tido um ou outro com aflição da palhacinha que balançou suspensa, levantando pessoas e sorrindo docemente ou ainda do palhacinho que perfurava o corpo fazendo caretas convidativas. Mas a adesão da proposta da Hurt Fest já estava posta.

Domingo muito quente, cervejas geladas circulando, os humores indo lá para as alturas e a última performance pedia calmaria. Impossível? Não lá. No começo obviamente que o público estava agitado, mas logo foram todos para um outro lugar no tempo e espaço. T. Angel que estava sem falar nas vinte e quatro horas que antecederam a ação, fez a última apresentação do evento, fechando com lágrimas a segunda edição da Hurt Fest.

Marcos Cabelo, organizador do evento, e alguns participantes nos concederam uma pequena entrevista em vídeo e você pode conferir logo abaixo, assim como as fotos e mais outros vídeos.

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

About T. Angel

No cenário da modificação corporal brasileiro desde 1997, inicialmente como entusiasta e posteriormente atuando no campo da pesquisa. Parte de seu trabalho está incluso no livro "A Modificação Corporal no Brasil - 1980-1990" e grande parte depositada aqui no FRRRKguys.com.br.