Sobre a celebração na capital do país…

0 Flares 0 Flares ×

Foto: Gabi Cerqueira

Como a grande maioria sabe (ou não), completamos 5 anos de vida no dia 21 de Junho de 2011. Tivemos uma bela celebração em São Paulo como já contamos por aqui e depois, através do convite e de todo trabalho de organização do Eduardo Bez do Go Up Movement, foi a vez de celebrar mais um pouco na capital do nosso país, Brasília. Foi a primeira vez que levamos a Frrrk Party para outro Estado e calhou de ser em um momento muito bonito de nossa trajetória, aniversário de 5 anos.
Para alguns o entendimento de sucesso está ligado unicamente ao quanto de dinheiro se conseguiu ganhar em determinada área de sua vida, para nós não. O que não quer dizer que não gostamos de dinheiro, seria hipócrita dizer isso. O que queremos dizer é que existe algo além do capital e que nos interessa tanto quanto o próprio cifrão em si. Nosso entendimento de sucesso parte desse “algo além”, está atrelado em fazer um trabalho ético e com apoio e respeito das pessoas que nos acompanham. O empenho do Eduardo Bez, como excelente pessoa e profissional que é, parar realização dessa festa nos fez sentir que estamos seguindo esse nosso ideal, aquela coisa de andar pelo caminho certo. Não ganhamos dinheiro durante esses 5 anos, mas ganhamos tantas outras coisas valiosas, podemos sentir uma legitimidade em nosso sucesso. Do nosso jeitinho frrrk de ser e entender as coisas, deixamos e recebemos as nossas marcas…
Falando um pouco do evento em si, a noite era quente, excelente mesmo para festejar. Os dj’s se revezavam no som, as pessoas preferiam os lugares abertos, até mesmo por conta da temperatura agradabilíssima que já mencionamos. Estruturalmente falando, até por conta do espaço em que a festa se realizou, as coisas foram diferentes das edições paulistas.
As performances que compuseram a programação da festa foram os pontos altos da noite. A dançarina Shabanna era a primeira a se apresentar e, por sinal, era muito aguardada. Ficamos realmente fascinados por toda produção que envolvia a Tribal Wings. Eduardo Bez projetou uma estrutura que comportava hastes de aço, esteticamente lembrava o Kavadi com a diferença que as hastes estavam transpassadas no corpo de Shabanna, ao todo 6 perfurações. Quando a artista entrou em ação com a Tribal Fusion Belly Dance, todos os olhares a seguiram sem trégua.
Um breve intervalo e logo veio a segunda performance pra encerrar a noite, era a vez do paulista T. Angel apresentar Inhale Exhale.
Os comentários sobre a ação eram em sua maioria positivos e emocionados.
Assim, se encerrou a festa e os bons votos ficam pra sempre: que venham tantos outros cincos anos mais. Muito obrigado ao Distrito Federal!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

About T. Angel

No cenário da modificação corporal brasileiro desde 1997, inicialmente como entusiasta e posteriormente atuando no campo da pesquisa. Parte de seu trabalho está incluso no livro "A Modificação Corporal no Brasil - 1980-1990" e grande parte depositada aqui no FRRRKguys.com.br.