Steve Haworth e as múltiplas possibilidades de mamilos

0 Flares 0 Flares ×

É inquestionável que o norte-americano Steve Haworth é um dos modificadores corporais que mais abriu possibilidades de experimentação e alteração do corpo. Considerado o pai dos implantes sub e transdermal o seu trabalho sempre extrapola e borra as fronteiras do que pode o corpo. Assinou modificações inovadoras e percussoras em diversas personalidades, por exemplo, Stalking Cat (1958-2012), The Lizardman, Katzen e The Enigma.

Em 30 de Abril o profissional publicou em sua conta no Instagram o seu mais recente trabalho, em que adicionou ao corpo de uma pessoa novos mamilos. No vídeo divulgado, temos um torso com seis mamilos e um texto explicativo:

“Depois de receber mais de 1.000 e-mails ao longo de 15 anos de pessoas perguntando sobre a criação de mamilos após uma mastectomia ou cirurgia de troca de topo, decidi seguir em frente e patentear o design e a técnica que estiveram na minha cabeça nos últimos 15 anos para resolver esse problema . Então descobri o Catch-22 (impasse absurdo). Não posso realizar esse tipo de trabalho, pois modificar o corpo para o que a sociedade considera normal ou agradável se enquadra na prática da medicina/cirurgia plástica. Sem ter como mostrar evidências de que o desenho do implante e o processo funcionariam, sempre que eu encaminhasse informações para cirurgiões plásticos ou cirurgiões de reconstrução mamária eles sempre pediriam uma prova de que o conceito funciona. (Então, há quatro anos, estou pensando em uma solução muito provável para esse problema). Cinco meses atrás, ume cliente me procurou e perguntou se eu tinha a capacidade de criar 4 mamilos adicionais. Como isso não poderia estar mais longe de modificar o corpo no sentido do que a sociedade considera normal, concordei com muito entusiasmo. Eu disse a elu para esperar 2 a 3 meses antes de prosseguir com a tatuagem da aréola. Aqui está o resultado da cicatrização pouco mais de um mês após a tatuagem da aréola realizada por @crybaby.angell. Este é um implante menor projetado para replicar um mamilo masculino; os designs para um mamilo feminino são quase duas vezes maiores. Se alguém estiver interessado em implantes para reconstrução mamária ou cirurgia de topo, recomendo que solicite ao seu Cirurgião Plástico ou Cirurgião de Reconstrução Mamária.”

Print do vídeo de Steve Haworth. Foto: reprodução/Instagram

Harry Hoofcloppen, a pessoa que tem os seis mamilos, explicou em vídeo no Instagram sobre a motivação da modificação. Inicia a explanação com o texto “em solidariedade com as pessoas acusadas” e passa pela reflexão da perseguição da igreja de caça as bruxas, fortemente relacionada com o pânico satânico e pânico moral. O corpo, com suas marcas e desvios da normatividade compulsória (incluindo mamilos extras), era relacionado com o demônio e, por conta disso, perseguido e exterminado. Com a modificação de seu corpo, ele busca transformar um legado de medo em resistência. Escolhe para tornar a sua modificação corporal pública justamente em 30 de Abril, momento em que deseja uma Feliz Noite das Bruxas (em alemão Hexennacht), celebração pagã que ocorre em diversos lugares do mundo.

Print do vídeo de Harry Hoofcloppen. Foto: reprodução/Instagram

Experimentações com mamilos, no entanto, não são novas na comunidade da modificação corporal. A argentina La Negra em 2009 realizou o seu ensaio visual intitulado “Roserdita“. Neste, de seus implantes subdermais na testa e clavículas brotaram mamilos por meio do trabalho de maquiagem de Matias Nazareno.

“Roserdita” de La Negra. Foto: Martin del Pozo, 2009.

As redes sociais – que odeiam o corpo, sobretudo, o feminino e o dissidente – precisa se preparar. Se um par de mamilos incomodava, o que dirá agora de meia dúzia ou mais do que isso, espalhados por onde a imaginação e a criatividade guiar. TILT no sistema e no cistema. Gostamos muito dessa parte. Muito mesmo.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×