Das poesias: Feliz dia do piercing! Feliz dia do orgulho LGBT!

0 Flares 0 Flares ×

10247420_10203539075790416_4613130500565131739_n

Hoje celebra-se nacional e internacionalmente o Dia do Piercing e o Dia Internacional do Orgulho LGBT e é no mínimo curioso e também poético como as duas celebrações estão intimamente relacionadas. Tanto é, que é impossível pensar uma sem a outra. Olhemos para as histórias de ambas as datas.

No dia 28 de junho de 1941 nascia nos Estados Unidos da América, James Mark “Jim” Ward, considerado hoje como o pioneiro e o pai do body piercing moderno. Em 1967, então vivendo em Nova Iorque, Jim Ward passou a participar de um grupo de Moto Clube e também de um grupo gay de S&M. Nesse momento ele tem alguns experimentos com a perfuração dos mamilos, passou a pesquisar e estudar sobre o assunto – foi se especializando no assunto – e com isso também vieram os experimentos com as perfurações genitais. Durante sua trajetória trabalhou com a formação de novos profissionais, escreveu livros e participou de documentários e programas de televisão para falar sobre a modificação corporal. Reconhecendo a sua importância para a comunidade da modificação do corpo, principalmente para o body piercing, o dia 28 de Junho foi escolhido para se celebrar mundialmente o Dia do Piercing.

Mas como a vida é irônica, vocês não acham?

Foi também no país norte-americano que se originou o Dia Internacional do Orgulho LGBT. A causa é celebrada mundialmente também no dia 28 de junho, depois de um episódio de resistência em Nova York, em 1969. No bar Stonewall Inn, ponto LGBT da cidade, frequentadores se voltaram contra as frequentes e violentas batidas policiais às quais eram submetidos e submetidas. A Rebelião de Stonewall tem sido considerada como um dos eventos mais importantes que levou ao movimento moderno de libertação e a luta pelos direitos LGBT no país. No ano seguinte, foi organizada a primeira parada LGBT do mundo, para lembrar do ato.

Afirmar que Jim Ward é o pai do body piercing e gay é um ato político de afirmação de identidade e resistência para uma população que historicamente carrega nas costas o peso da desumanização e exclusão social. Além disso, se faz importante dizer que repetiremos quantas vezes for preciso: a LGBTfobia não cabe em nenhum espaço. Dizeemos enfaticamente: nenhum! Dentro das modificações corporais é inconcebível e inaceitável esses tipos de práticas discriminatórias e da ordem dos discursos de ódio. É desconhecer e pisar sobre a própria história. Inclusive, a maioria das técnicas contemporâneas não existiriam como as conhecemos agora sem a força, trabalho e cultura da população LGBTTQI+. Simplesmente assim mesmo, não existiriam. Antes de fazer a sua próxima piada LGBTfóbica, pense nisso.

Feliz dia do orgulho! Feliz dia do piercing! Feliz aniversário para Jim Ward!
Nossos mais sinceros e profundos agradecimentos por tudo que você tornou possível para nós.

13516314_10157183298295145_1037333016294493026_n(Homenagem feita pela APP. Tradução livre: Jim Ward nasceu neste data em 1941, é considerado o pioneiro e o pai do body piercing. Através de Jim e sua perseverança de ir contra as normas, a cultura moderna foi mudada para sempre, assim como a vida de muitas pessoas. Sua esfera de influência tem transcendido gerações e trouxe muitas pessoas de diferentes caminhadas da vida, juntas.)

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

About T. Angel

No cenário da modificação corporal brasileiro desde 1997, inicialmente como entusiasta e posteriormente atuando no campo da pesquisa. Parte de seu trabalho está incluso no livro "A Modificação Corporal no Brasil - 1980-1990" e grande parte depositada aqui no FRRRKguys.com.br.