E a Zuba está de volta!

0 Flares 0 Flares ×

Foto: divulgação

Zuba

O ano começa realmente com força e boas novas. Depois de termos anunciado a vinda de Steve Haworth ao Brasil, trazemos uma outra ótima notícia.
A body piercer Zuba anunciou essa semana em seu Instagram que o Studio Zubaentra em ação novamente”, completando um total de vinte e três anos de estrada.

A Zuba é uma das pessoas de extrema importância para a história do body piercing nacional e também de outras técnicas de modificação do corpo (scar, branding, surfaces, implantes, etc). Ela é considerada uma das primeiras profissionais brasileiras a trabalhar com a perfuração do corpo, iniciando suas atividades no começo da década de 90 do século passado.

É importante mencionar que além do seu trabalho com body mods, Zuba também se enveredou na política, saindo como candidata pelo PT (2000) e posteriormente pelo PSOL (2006). Suas atividades nesse campo estavam voltadas para as questões LGBT. No entanto, se faz importante dizer, que a body piercer foi uma das poucas profissionais que lutou bravamente contra a lei do Campos Machado, conforme já escrevemos AQUI meses atrás.

Acreditamos que um dos grandes problemas do Brasil no campo das modificações do corpo, seja a descontinuidade dos profissionais. A maioria deles e delas, interromperam quase completamente suas atividades na área após alguns anos, a exemplo de André Meyer e Andre Fernandes. No exterior a gente vê o contrário disso, os primeiros profissionais continuam em plena produção, a exemplo de Fakir Musafar desde a década de 70, assim como Steve Haworth, Lukas Zpira desde a década de 90 e tantos outros. A continuidade da profissão implica automaticamente na construção de uma rede de saber, na formação de novos profissionais e no aperfeiçoamento técnico e teórico das modificações corporais. Justamente por isso, a gente enxerga em Zuba um feito muito importante para a nossa história, além claro, de ser uma mulher, lésbica e body piercer, o que torna tudo mais politicamente especial e singular.

Para quem quiser conhecer um pouco da história dessa exímia profissional, pode CLICAR AQUI e ler uma entrevista feita pela historiadora Carla Ruiz.

Se você quer fazer algum trabalho em seu corpo com a Zuba, ligue: 55 11 97676-6847 ou escreva diretamente em seu Facebook:
https://www.facebook.com/claudia.zuba

Torcemos para que ela nunca pare e que volte a contribuir politicamente a nosso favor. O momento pede união e força.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

Deixe uma resposta