Evento no Rio Grande do Sul abre espaço para discussão da suspensão do corpo

0 Flares 0 Flares ×

Fotos: divulgação

1503449_371030803033465_151284695_n

No dia 15 de dezembro de 2013 aconteceu o Corpo Suspenso, primeiro evento voltado somente para a prática da suspensão corporal no Rio Grande do Sul, ocupando o Parque Esportivo e Recreativo Prefeito Albino Antônio Ruaro, na pequena cidade de São Marcos e seus 22 mil habitantes.

1456677_372487926220437_2004552202_n

O Corpo Suspenso teve entrada franca e foi aberto para quem quisesse prestigiar os pequenos “voos”. Com isso o evento contou com a presença total de 300 pessoas, que eram desde crianças acompanhadas de seus pais à senhores e senhoras de mais idade. Não foi fechado apenas para a comunidade da modificação corporal, mas aberto e acolhedor para todas as pessoas, como acreditamos que tudo deveria ser. Ainda passaram por lá pessoas de Caxias do Sul, Farroupilha, Bento Gonçalves, Flores da Cunha, Porto Alegre, Florianópolis e Brusque, reunindo e criando um belo movimento no Sul do país que investigou a prática da suspensão.

1499680_372488182887078_1466123293_n

Durante toda a tarde do domingo, amigos, casais e famílias que passaram pra prestigiar o Corpo Suspenso, puderam curtir o show com as bandas Kombat (metal), Verônika (Rock’n’Roll) e Inheritours (Death Metal). Enquanto isso eram realizados os procedimentos em local propício e reservado do público. A equipe responsável pelas suspensões foi composta por Deise Piercer, Sideral e Ricardo Dinamar (Branco), contando com o auxílio de Rafa Piercer e Johnny Piercer.

1558861_371030429700169_1042707604_n

974266_371030089700203_852684919_n A primeira suspensão foi um Crucifixo de Luís Tomasini, já a segunda, pra finalizar o evento, teve a Cristiane Anacleto na posição Bailarina. Ambos títulos das posições sugeridos pelos organizadores. No final mudaram a posição da Cris para um Suicide, onde ela desfrutou por mais 30 minutos no ar. As duas pessoas que se suspenderam, já tinham passado por experiências anteriores.

1522045_372841086185121_1240892305_n

1497572_372589812876915_1969796123_n

Segundo os organizadores do Corpo Suspenso, a ideia da criação e realização do evento desde o inicio “foi a de apresentar a suspensão de forma clara, conseguir desmistificar um pouco essa prática/ritual que nos encanta e em momento algum pensamos em tentar conquistar o interesse de alguém”. E completaram dizendo que “o que antes do evento alguns achavam que seria algo como loucura ou sadomasoquismo, hoje por grande parte do público a suspensão no Rio Grande do Sul é vista com respeito”. Acreditamos, assim como os organizadores, que esta realmente seja uma forma positiva de mudar o olhar que paira sobre essa prática de uso do corpo. É um trabalho de formiguinha, mas que passou da hora de ser feito. Que tenhamos muitas outras edições desse evento e que ele inspire mais gente (assim como nós) e que vejamos essas ações se multiplicarem nos próximos anos. CONTATOS http://www.corposuspensors.com.br/ https://www.facebook.com/CorpoSuspenso

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

Deixe uma resposta