Luna Cobra comenta a busca da reversão do eyeball tattooing

0 Flares 0 Flares ×

Foto: reprodução /Google

eyeball_test

Publicamos ontem a matéria “Em busca da reversão do eyeball tattoing“, a qual você pode CLICAR AQUI para ler ou reler. E se você não leu ainda, recomendamos que você o faça antes de ler o que escreveremos daqui em diante.

Logo após a publicação da matéria, tivemos a oportunidade de conversar sobre o procedimento com o Luna Cobra, criador da técnica do eyeball tattooing como a conhecemos hoje.

O primeiro alerta que Luna Cobra nos faz é que existe pessoas que estão se machucando ao redor do mundo, de modo geral, por não levarem a sério os riscos do procedimento. Riscos esses que podem acontecer em um curto prazo, mas principalmente todos os riscos – inclusive desconhecidos – que podem surgir em longo prazo. O profissional acredita de verdade que teremos muitas pessoas ao redor do planeta com graves problemas de visão no futuro.

Sobre a possibilidade de reverter a cor de um eyeball tattooing, os riscos estão presentes seja para tornar mais claro como para o mais escuro. Luna Cobra nos contou que fez alguns testes para cobrir um olho pigmentado com a tinta branca, e percebeu que realmente o procedimento não é seguro. Em suas próprias palavras, o profissional diz que:

“Eu espero que as pessoas não tentem cobrir as suas tatuagens nos olhos com branco, eles terão uma grande chance de desenvolverem Glaucoma ou outros problemas que podem ocasionar na perda da visão”.

Em resumo, segundo o Hospital dos olhos de São Paulo, o Glaucoma é o aumento da pressão intra-ocular que pode ocasionar lesão ao olho se não for tratado e não tem cura. Justamente por isso, o ideal é que as pessoas que passaram pelo procedimento do eyeball tattooing visite um oftalmologista e faça um acompanhamento. Ainda que o Glaucoma não tenha cura, ele pode ser controlado mediante tratamento apropriado.

Durante esse ano estaremos atualizando as perguntas frequentes sobre o eyeball tattooing com a orientação do próprio Luna Cobra, a ideia é poder tornar pública as mais variadas informações, para minimizar os danos e riscos.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

Deixe uma resposta