Novidade: ‘Grupo de Estudos de Piercing’ buscará colaborar com a formação e atualização de profissionais

0 Flares 0 Flares ×

DSC00899(Andre Fernandes, Emilia Aratanha, T. Angel e Matias Tafel, parceiro do grupo)

O  fim de janeiro de 2016 é marcado pelo anúncio público da formação do Grupo de Estudos de Piercing, o GEP. Que apesar do recém anúncio, já tem gerado uma movimentação nas redes sociais e obviamente que algumas dúvidas sobre as atividades e intenções.

Idealizado por Andre Fernandes, Emilia Aratanha e T. Angel, o GEP – Grupo de Estudos de Piercing, surge da necessidade de se promover estudos, diálogos críticos e intercâmbios de conhecimentos acerca da perfuração corporal no Brasil. Nesse sentido, se aproxima da intenção do GESMC – Grupo de Estudos Sobre Modificações Corporais, no entanto, reconhecendo as necessidades de tratar as especificidades exclusivas do campo do body piercing contemporâneo.

12669491_946921765385435_6529802251793968193_n
Buscando e assumindo um papel independente e o mais horizontal possível, o GEP pretende trabalhar na educação, formação e profissionalização de perfuradores corporais, atuando com equilíbrio entre teoria e prática. Assim, colaborando tanto na formação de novos profissionais como na reciclagem daqueles que já atuam profissionalmente na área.

Algumas breves informações sobre os responsáveis pelo grupo: Andre Fernandes é body piercer e percussor de algumas técnicas modernas da modificação do corpo, foi responsável em trazer ao Brasil alguns nomes como Emilio Gonzalez, Samppa Von Cyborg, Lukas Zpira e Steve Haworth. Emilia Aratanha é historiadora, tem trabalhado com a produção de eventos ligados com as modificações corporais. T. Angel é quem vos escreve agora.

As primeiras atividades do grupo deverão ser divulgadas já nos próximos meses. Fiquem conectados!

CONTATO
https://www.facebook.com/grupodeestudosdepiercing

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

About T. Angel

No cenário da modificação corporal brasileiro desde 1997, inicialmente como entusiasta e posteriormente atuando no campo da pesquisa. Parte de seu trabalho está incluso no livro "A Modificação Corporal no Brasil - 1980-1990" e grande parte depositada aqui no FRRRKguys.com.br.