Uma conversa com Emilio Gonzalez sobre modificações corporais extremas

0 Flares 0 Flares ×

IMG-20141214-WA0004
Falamos por aqui alguns dias atrás sobre o garoto que removeu o nariz. Muitas perguntas surgiram… Fomos ao encontro do body modifier venezuelano Emilio Gonzalez, que realizou o procedimento. Ao mesmo tempo ele vinha até nós, querendo falar sobre. O restante você confere abaixo.

Fica nosso sincero agradecimento ao Emilio Gonzalez por toda atenção e carinho em compartilhar conosco um pouco de seu trabalho e história.

T. Angel: Recentemente você divulgou nas redes sociais os trabalhos de modificação corporal com o Red Skull e, especificamente, a remoção de parte do nariz chocou a opinião pública e, pelo que tenho visto, a própria comunidade da modificação corporal se mostrou chocada. Qual a sua impressão sobre isso?
Emilio Gonzalez: A minha impressão é que as pessoas têm algo a dizer, meu trabalho tem sido indicado através da história pelo extremo que é. A palavra modificador corporal te diz tudo, MODIFICAR CORPOS. Hoje em dia qualquer jovem que faz modificação corporal se crê modificador corporal, fazem um implante 3D ou bifurcam uma língua… Aaaah, eles já são modificadores. risos
Então veem um trabalho meu de remoção de nariz e parece catastrófico para eles. risos
Como se faz chamar MODIFICADOR CORPORAL quando te apavora uma modificação extrema? A verdade é que por isso tenho deixado de colocar meus trabalhos nas redes, inclusive BME. Eu acho que sou um dos poucos modificadores, para não dizer o único, que realmente tem trabalhado a maior parte do corpo humano, desde um simples implante até uma amputação de pernas.

IMG-20141214-WA0003

T. Angel: Falando ainda sobre a remoção do nariz, quais os estudos que foram feitos para que não houvessem danos para saúde em um curto e longo prazo? Pergunto, pois algumas pessoas nos escreveram questionando isto, embasadas no discurso médico que diz que a região removida serve como uma espécie de filtro protetor contra várias doenças, a exemplo da sinusite.
Emilio Gonzalez: Primeiro tenho que me garantir que seja uma pessoa 100 por cento saudável, sem nenhuma enfermidade respiratória. Solicito tomografia do nariz e seios paranasais para me assegurar que estava ótimo para a cirurgia. Além disso, amostra de cultivo de muco nasal foi  feita para se certificar de que não tinha infecção.

T. Angel: Muitas questões de ordem da sanidade física surgiram, mas, talvez em maior quantidade, inúmeros questionamentos (e julgamentos) apareceram sobre a saúde mental do Red Skull. Como você tem lidado com isso?
Emilio Gonzalez: Henry aliás Red Skull é uma pessoa física e intelectualmente saudável. É um excelente filho, esposo e pai, o qual tem gostos extremos para a modificação corporal, como você e como eu. Ele é um tatuador profissional, vive muito bem com seu trabalho e o seu sonho é se converter em Red Skull. A maioria dos meus clientes sabem que a modificação corporal é o último passo da body art, todos sabem muito bem o que querem e como Henry, muitos deles esperam por mim por muitos anos para fazer seus sonhos, realidades. É cômico como as pessoas sofrem pela vida dos demais, enquanto nas redes sociais essa gente se mata pelos comentários, Henry Red Skull está relaxado em sua casa, desfrutando de sua bela família. É curioso que nós e, a maioria das pessoas que estão mais modificadas no mundo, temos um grau muito alto de lucidez e somos seres humanos melhores que qualquer outro que nos critica.

T. Angel: Alguns discursos tentam aproximar o transtorno dismórfico corporal das modificações corporais mais radicais. Como você vê isso?
Emilio Gonzalez: No meu caso, eu estou muito modificado, tenho 22 anos modificado e desde que comecei sabia bem o que queria e hoje em dia dou graças à Deus e a Virgem, já que creio em Deus, que hoje por hoje estou mais certo do que quero e estou em toda minha capacidade mental, que eu tenha gostos diferentes dos demais não significa que tenha problemas psicológicos. Eu sou um empresário da modificação corporal e o melhor de tudo é que vivo bem com isso. As pessoas creem que porque você se modifica o rosto, te corte o nariz já está louco, mas as atrocidades que vemos no mundo no dia a dia, como matanças no Oriente Médio, na América do Sul presidentes sem escrúpulos que não estão tatuados nem modificados, andam de terno e gravata e abusam do povo, isso não criticam.


T. Angel:
Normalmente modificações corporais mais extremas permanecem em sigilo, por dentre tantos motivos, o receio da perseguição do discurso que tenta tornar doença mental tudo aquilo que foge de uma possível norma e ordem. Você, escapando dessa regra do silêncio, assumiu que fez e tornou público o caso. Em algum momento você teve receio de perseguições da ordem legal? Conte para gente um pouco sobre como tem sido sua vida depois disso tudo?
Emilio Gonzalez: Como te dizia antes, em meu país não temos nenhuma regulação e é o que me permite fazer esses trabalhos. Sim, há clientes que me permitem publicar suas imagens, mas a grande maioria não me deixa. Neste caso, Henry Red Skull quer que seu trabalho seja publicado, uma vez que ele quer ser o mais extremo modificado do mundo.


T. Angel:
Você já sofreu algum de ameaça por conta do trabalho que vem realizando?
Emilio Gonzalez: A única ameaça recebi no Brasil, foi de um body piercer popular. Mas em meus 18 anos de carreira de body mod nunca fui ameaçado, em meu país não é legal, mas tão pouco é ilegal.

T. Angel: Você já se recusou a fazer algum procedimento. Se sim, o que poderia nos contar?
Emilio Gonzalez: Ao longo de minha carreira e tendo feito milhares de procedimentos, só disse que não para um cliente que era de Ohio, Estados Unidos. Ele queria remover seu pênis, eu nunca pergunto o por que as pessoas querem as coisas, pois não sou ninguém para julgar e a maioria das pessoas que se realizam com este tipo de procedimento não vão para um médico, já que eles diriam que não e os chamariam de loucas. Assim que esse cliente de Ohio me disse que queria remover porque ele se masturbava muito e eu o disse que não precisava saber. Depois de 3 meses falando com ele por chat, um dia me disse que que necessitava que eu fizesse o trabalho o quanto antes possível, por que ele tinha medo que se masturbava muito e tinha uma filha de quatro anos. Tive muita raiva, coragem e dei seus dados para a polícia para que o prendessem.


T. Angel:
A remoção do nariz foi, em sua opinião, a modificação corporal mais extrema da sua carreira?
Emilio Gonzalez:Nãooooooo! risos
Tenho trabalhos mais extremos, os quais meus clientes não me dão permissão de publicar em nenhum lugar.


T . Angel:
Quais seriam as novas e próximas etapas do projeto do Red Skull?
Emilio Gonzalez: As seguintes serão implantes de silicone nas maçãs do rosto, queixos e bochechas. Logo irá se tatuar como o personagem.

IMG-20141214-WA0002

T . Angel: Você poderia deixar uma mensagem para as pessoas que nos leem e para a comunidade da modificação do corpo?
Emilio Gonzalez: Primeiro, modificador corporal é aquele que já fez intervenção no corpo humano em várias facetas. Não creiam que modificador corporal é aquele que somente fez eyeball tattoo ou implante 3D. Segundo, vivam e deixem viver. Vivemos em uma sociedade que marginaliza a todos nós que desejamos nos ver diferentes e somos uma comunidade e sim, nós mesmos nos criticamos e nos maltratamos entre nós. Nunca seremos uma cultura mais avançada do que os que nos criticam dia a dia nas ruas. Terceiro e último, mude sua mente e eu mudarei seu corpo.
Muito amor ao Brasil.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

About T. Angel

No cenário da modificação corporal brasileiro desde 1997, inicialmente como entusiasta e posteriormente atuando no campo da pesquisa. Parte de seu trabalho está incluso no livro "A Modificação Corporal no Brasil - 1980-1990" e grande parte depositada aqui no FRRRKguys.com.br.