Nota de repudio ao Posto de Atendimento ao Trabalhador de Rio Claro

0 Flares 0 Flares ×

O Frrrk Guys – entidade de abrangência internacional, fundado em 2006 e que tem como objetivo a informação, defesa e a promoção da cidadania das populações ligadas com as práticas da modificação corporal – em parceria com o GESMC – Grupo de Estudos Sobre Modificações Corporais– entidade de abrangência nacional, fundada em 2014 e que tem como objetivo os estudos das práticas de uso e modificação do corpo – vem a público repudiar a atitude desrespeitosa e carregada de preconceito do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Rio Claro, interior de São Paulo.

Os PATs foram implantados no Brasil em 1994, são uma rede de atendimento do Governo de São Paulo, coordenada pela Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), que concentra serviços gratuitos à população em todas as regiões do Estado. Pela postura da unidade da unidade de Rio Claro, parece que o serviço não contempla todas as pessoas. No dia 16 a fanpage da instituição publicou uma imagem que muito provavelmente não tiveram autorização para utilizar, com um texto declaradamente preconceituoso, conforme reprodução abaixo:

12400783_10204060522752736_4691036142038827050_n(Uso pejorativo da imagem de uma pessoa com modificações corporais)

Segundo o G1, a publicação foi deletada minutos depois por pressão dos usuários do Facebook, que apontavam e denunciavam a atitude discriminatória da instituição. Muitas pessoas estão entrando na fanpage e deixando qualificação de uma estrela com a denúncia do preconceito. Pressão esta que é legitima, necessária e que endossamos agora, por entendermos que é inaceitável que as pessoas tenham a sua cidadania negada e o direito ao trabalho negado por conta de seus corpos e subjetividades. E o PAT, sendo uma instituição pública e que visa a promoção da cidadania do trabalhador brasileiro, deveria justamente lutar contra qualquer ação discriminatória e vexatória, ao invés de promove-la com tom jocoso e infantil.

No mesmo dia 16 o PAT Rio Claro fez uma publicação com pedido de desculpas pelo que eles chamaram de “equívoco”. No entanto, o texto deixa claro que o equívoco está na interpretação de algumas pessoas e não na atitude declaradamente preconceituosa que tiveram. Abaixo reproduzimos a publicação e perceba que erraram novamente.

62577_1047853375266323_8499132868415074102_n

É preciso que o PAT Rio Claro e a pessoa responsável pela administração da fanpage entenda que é possível fazer alertas sobre qualquer assunto que seja sem sermos preconceituosos e se a tarefa de tratar o próximo com o mínimo de respeito parecer muito dificultosa, talvez vocês devam fechar as portas, vocês não sabem e não aprenderam nada ainda sobre trabalhar com gente, ser humano, sabe?

No mais, é preciso combater de todas as maneiras a prática de que as pessoas AINDA (veja bem, estamos no século XXI) sejam excluídas de trabalhos por conta de seus corpos e subjetividades. A gente sabe que a tatuagem e o body piercing – que eles pontuam os casos de exagero – é só uma gota nesse gargalo de preconceitos. Corpos negros, corpos gordos, corpos com deficiência, corpos não cisgêneros, corpos não heterossexuais, sofreram e ainda sofrem a MESMA exclusão e isso é horrível e inaceitável. É contra essa atitude, que é sobretudo higienista, fascista e eugenista, que o PAT Rio Claro e toda instituição que diz promover a cidadania deve lutar. Vocês devem questionar as empresas que pedem candidatos e candidatas e na observação colocam que precisa ter “boa aparência”. Vocês devem questionar empresas que pedem na observação que a vaga é para pessoa magra, branca, heterossexual. Vocês devem questionar empresas que recusam repetidamente em seus quadros de funcionários pessoas transexuais. Vocês devem questionar qualquer empresa que caminhe contra a promoção da cidadania e dignidade das pessoas. Mas de todas as pessoas de verdade e não só daquelas que vocês consideram que são mais gente e por isso mereçam mais.

O nosso repudio público contra  o PAT Rio Claro é para dizer que vocês erraram na primeira publicação (que vocês chamaram de alerta), vocês erraram no pedido de desculpa (que vocês deixaram claro que não é um pedido de desculpa, afinal de contas nós é que estamos errados pela interpretação que fizemos) e vocês erraram inclusive na citação de Santo Agostinho. Nós não somos iguais em nada e é através das diferenças que pessoas são exterminadas todos os dias. A postura de vocês é exatamente sobre isso, extermínio daquilo que dentro da realidade fechada e pequena de vocês, é o diferente.

Entendam que vocês existem para atender as pessoas e ganham dinheiro público para isso, seria ótimo que no mínimo o respeito fosse a base desse trabalho que vocês desenvolvem. No mínimo o respeito.

Atenciosamente,
T. Angel – idealizador do Frrrk Guys e coordenador do GESMC

Nota extra:
Entrem na fanpage do PAT Rio Claro e deixe a sua avaliação do serviço prestado.
https://www.facebook.com/PAT-RIO-CLARO-929992997052362

REFERÊNCIA
http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2016/01/post-do-pat-de-rio-claro-sp-sobre-tatuagem-e-piercing-gera-polemica.html

 

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

About T. Angel

No cenário da modificação corporal brasileiro desde 1997, inicialmente como entusiasta e posteriormente atuando no campo da pesquisa. Parte de seu trabalho está incluso no livro "A Modificação Corporal no Brasil - 1980-1990" e grande parte depositada aqui no FRRRKguys.com.br.