Estúdio de piercing em Brasília arrecada absorventes para mulheres em situação carcerária

0 Flares 0 Flares ×

Foto: divulgação / Presos que menstruam
presos-que-menstruam

Ações sociais que visam sanar o problema público e político das prisões brasileiras sempre estiveram acontecendo, uma vez que o Estado forçosamente utiliza esses equipamentos como depósitos de gente. O que não é de se estranhar em um país que tomou como lema a popular frase “bandido bom é bandido morto” ou o “tá com dó leva para casa“. Hoje temos a 4ª maior população carcerária do mundo segundo dados divulgados pelo Ministério da Justiça referentes ao primeiro semestre de 2014.

Dentro desse esquema, existe a população carcerária de mulheres, em que se vigora uma espécie de silêncio e abandono crônico e hediondo, onde mesmo informações essenciais e básicas se perdem. “Quando comecei a pesquisar encontrei um completo silêncio sobre o assunto. Era como se não tivessem mulheres presas no Brasil”, explicou ao Terra a jornalista Nana Queiroz sobre o tabu que é ainda hoje falar sobre os presídios femininos ao redor do país. Para se ter noção, é um desafio encontrar informações sobre o número de detentas, a Pastoral Carcerária de 2010, demonstram que há quase 35 mil mulheres presas no Brasil.

presosquemenstruamdivulgacao
A jornalista e pesquisadora Nana Queiroz publicou recentemente o livro Presos que Menstruam e traz dados cruéis sobre a situação das detentas brasileiras. Esquecidas por um Estado que crê que grades e balas resolvem todos os problemas da sociedade, essas mulheres amargam a ausência inclusive de itens básicos para higiene pessoal, como papel higiênico e absorvente. Há casos em que se utilizam de miolo de pão como absorvente interno.

Pensando sobre essas questões, agora também por conta das informações que Nana expôs em seu livro, tem havido mobilizações nas redes sociais de coleta de itens de higiene para serem enviados para detentas de todo país.

Em Brasília o Adorne Professional Body Piercing está sendo um dos pontos de coleta e as pessoas que doarem e desejarem fazer uma perfuração, ganham um desconto de 10%. O endereço é: CLN 310 Bl.A Sala 112- Asa Norte

Caso fiquemos sabendo de mais estúdios desenvolvendo a mesma ação faremos questão de divulgar. Avise-nos.
Pontos de coleta no Rio de Janeiro:
https://www.facebook.com/events/1639293322994710/

Pontos de coleta no São Paulo:
https://www.facebook.com/events/1692684017626814/

Pontos de coleta no Rio Grande do Sul:
https://www.facebook.com/events/1609583835977136/

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

Deixe uma resposta