VII Jornada de Psicanálise e educação: o lugar do corpo na educação e no existir

0 Flares 0 Flares ×

Tudo que está no mundo passa pelo corpo: “Devemos escutar o mundo, tocá-lo, cheirá-lo, senti-lo. Aproximamo-nos do mundo  por meio da mediação dos sentimentos.” Le Breton (2009)

 

A ideia de que há uma divisão entre a mente e o corpo perpassa o pensamento ocidental há mais de dois mil anos. Hoje essa visão é amplamente questionada e sabemos que somos nosso corpo, apesar de tratá-lo como objeto ou como posse.

A divisão se intensifica na contemporaneidade, nesse mundo marcado por relações virtuais, cujo paradigma é o avatar dos jogos cibernéticos. A escola favorece a dissociação quando trabalha com o modelo corpo passivo e mente ativa.

Como aproveitar a presença corporal de si e do outro nos processos e atividades educativos? Como garantir espaços reais de experimentação nas escolas? Nesta Jornada nos propomos refletir sobre estas questões, tão antigas e tão atuais.

 

Programação:

 

8h45 Abertura.

Magda Guimarães Khouri – Diretora da DAC.

Silvia Martinelli Deroualle – Coordenadora da Jornada.

 

9h00 – 11h00 Mesa 1: O importante é que seja útil para nosso futuro.

 

O futuro da educação no Brasil.

Franklin Leopoldo e Silva – Filósofo, professor de filosofia da Faculdade de Filosofia São Bento, professor aposentado da FFLCH da USP.

 

A disposição para o assombro.

Leopold Nosek – Psicanalista da SBPSP.

 

11h30 – 13h30 Mesa 2: O corpo na Educação: presença obrigatória?

 

O que pensam e desejam os jovens brasileiros: desafios para o sistema educacional.

Cesar Callegari – Sociólogo, Membro do Conselho Nacional de Educação, Diretor da Faculdade SESI-SP de Educação.

 

Do corpo-cárcere ao corpo-aprendiz.

Marina Ramalho Miranda – Psicanalista da SBPSP.

 

15h00 – 17h00 Mesa 3: A domesticação do corpo.

 

Corpo e construção do conhecimento: implicações para a Educação infantil.

Marina Célia Moraes Dias – Pesquisadora e consultora da área de formação do educador  da infância.

 

Corpo: usina domesticável?

Dora Tagnoli – Psicanalista da SBPSP.

 

17h00 – 18h00 Vivência.

 

O corpo existe.

André Trindade – Psicólogo, educador e psicomotricista.

 

Comissão Organizadora: Silvia Martinelli Deroualle (coordenadora),

Heloisa Helena Sitrângulo Ditolvo,  Marina Kon Bilenky e Raul Gorayeb.

 

Informações e Inscrições:

(11) 2125-3700

www.sbpsp.org.br

Local:

Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo 

Avenida Dr. Cardoso de Melo, 1450 – 1º andar – Auditório
Vila Olímpia – São Paulo – SP

Taxa de Inscrição:

Até dia 08/09/2017

Profissionais: R$ 150,00

Estudantes de Graduação: R$90,00 

Profissionais da Rede publica | Membros e Membros Filiados ao Instituto de Psicanálise da SBPSP: R$75,00

 

A partir de  09/09/2017

 

Profissionais: R$ 170,00

 Estudantes de Graduação: R$110,00

 Profissionais da Rede publica | Membros e Membros Filiados ao Instituto de Psicanálise da SBPSP: R$95,00

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Reddit 0 Email -- 0 Flares ×

About T. Angel

No cenário da modificação corporal brasileiro desde 1997, inicialmente como entusiasta e posteriormente atuando no campo da pesquisa. Parte de seu trabalho está incluso no livro "A Modificação Corporal no Brasil - 1980-1990" e grande parte depositada aqui no FRRRKguys.com.br.